segunda-feira, 12 de março de 2012

Mulheres internadas com gripe A permanecem em estado grave

 Continua grave o estado de saúde das duas mulheres internadas com gripe A na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Maternidade Escola Assis Chateaubriand (Meac), em Fortaleza.

A diretoria do hospital informou nesta segunda-feira (12) que as pacientes estão sendo tratadas com o medicamento Tamiflu e ainda não podem ser transferidas para o Hospital São José de Doenças Infecciosas. O transporte pode piorar a situação delas.
As gestantes estão numa área isolada para evitar a transmissão da doença. Uma delas é moradora de Beberibe e a outra é da Capital. As duas estão com insuficiência respiratória e a paciente de Fortaleza foi diagnosticada também com insuficiência renal.
A paciente de Beberibe deu entrada na última quinta-feira (8) e o bebê está internado na UTI neo-natal da maternidade, mas já respira sem a ajuda de aparelhos. Já a paciente de Fortaleza deu entrada na unidade na sexta-feira (9) com seis meses de gestação, mas o feto já estava morto.
De acordo com a mãe da jovem da capital cearense, Maria Aretuza, o posto de saúde do bairro Jangurussu diagnosticou que ela estava apenas com suspeita de dengue.

Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse sua opinião, ela é muito importante!

:a :b :c :d :e :f :g :h :i :j :k :l :m :n :o :p