quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Tasso e Luiz Pontes anunciam novas filiações do PSDB

(Foto: Divulgação)
Principal nome do PSDB no Ceará, o ex-senador Tasso Jereissati e o presidente estadual da sigla, ex-senadorLuiz Pontes, anunciam na tarde desta quinta-feira, 3, novas filiações do partido no Estado. As novas adesões ocorrem após sucessivas perdas do PSDB durante esta semana.

Na última segunda-feira, 30, o deputado estadual Fernando Hugo deixou o partido. No dia seguinte, foi a vez do ex-presidente da Assembleia e ex-presidente estadual da sigla, Marcos Cals, também confirmar sua saída. Embora ainda não confirmem, o Solidariedade deve é o destino mais provável de ambos. O deputado estadual Téo Menezes também estaria de saída.

O partido vem se enfraquecendo ano a ano, principalmente após Tasso ter sido derrotada na disputa pelo Senado em 2010. Aquele ano marcou também o rompimento de Tasso com o governador Cid Gomes, que apoiou Eunício Oliveira (PMDB) e José Pimentel (PT) – os dois foram eleitos.

De acordo com informações da assessoria do PSDB, o evento de hoje contará com a presença de novos filiados e de outras lideranças tucanas no Estado. 


Fonte: http://www.opovo.com.br/

Fortaleza acumula aumento de 9,5% no preço do metro quadrado em 2013

Fortaleza acumula aumento de 9,5% em 2013 – janeiro a setembro – em relação ao preço do metro quadrado de imóveis à venda. Os dados são do índice Fipe Zap que analisa dados de 16 cidades com anúncio de imóveis na internet.
Em relação ao mês anterior, a capital cearense aparece como a terceira colocada entre as cidades pesquisadas do Nordeste, ficando atrás de Recife e Salvador, com 9,8% e 9,7%, respectivamente. Quanto ao acumulado dos últimos 12 meses, Fortaleza registrou alta de 7,9% e ainda aumento de 1,9% em relação ao mês de agosto.
Ainda em comparação ao mês anterior, a cidade de Curitiba, teve o maior aumento do preço médio do metro quadrado. O avanço foi de 3,6% em agosto. Na sequência apareceram São Caetano do Sul, no interior de São Paulo (1,8%) e Fortaleza (1,6%).

(Foto: Falcão Jr)
Preço médio
O índice Fipe Zap também mostrou que o preço médio do metro quadrado nas 16 cidades foi de R$ 7.057 em setembro. O valor mais caro foi registrado no Rio de Janeiro (R$ 9.614). Em seguida, apareceram Brasília (R$ 8.550) e São Paulo (R$ 7.539). Os menores valores foram verificados em Vila Velha (R$ 3.739), São Bernardo do Campo (R$ 4.198) e Vitória (R$ 4.329).
Os dados da pesquisas mostram que, apesar da desaceleração econômica, o setor imobiliário ainda dá sinais de aquecimento. Na avaliação do coordenador do Índice Fipe Zap, Eduardo Zylberstajn, o mercado de trabalho positivo ajuda a manter o aumento constante do preço dos imóveis. Em agosto, por exemplo, o índice ampliado também havia subido 1,2%.
Bairros de Fortaleza
O Tribuna do Ceará separou 10 bairros de alta e baixa renda, que sofreram com a alta no preço do m², nos últimos 12 meses. Para se ter uma ideia o Meireles teve aumento de14,7% o m², passando de R$ 5.552  para R$ 6.368. No Conjunto Ceará, o m² teve alta de 18,9%, saltou de R$ 1.750 para R$ 2.081.
Confira alguns dos bairros que tiveram aumento no m² de setembro de 2012 a setembro de 2013:
Guararapes
2012:
 R$ 2.500
2013: R$ 2.583
Aldeota
2012: R$ 4.573
2013: R$ 4.880
Varjota
2012: 
R$ 4.223
2013:
 R$ 3.943
Meireles
2012
: R$ 5.552
2013: R$ 6.368
Dunas
2012: R$ 4.078
2013: R$ 5.037
Dionísio Torres
2012: R$ 3.000
2013: R$ 3.673
Benfica
2012: R$ 1.562
2013: R$ 2.077
Conjunto Ceará
2012: R$ 1.750
2013: R$ 2.081 18,9
Maraponga2012: R$ 2.400
2013: 2.792
Parquelândia
2012: R$ 2.178
2013: R$ 2.612
Fonte: http://www.tribunadoceara.com.br/

Processos contra policiais no Ceará aumentam 200% em 2013

(FOTO: Divulgação/ABr)
O inquérito policial da Divisão de Homicídios da Polícia Civil do Rio de Janeiro apontou que o ajudante de pedreiro Amarildo de Souza foi submetido a choques elétricos e asfixiado com saco plástico. O caso Amarildo tem causado desconfiança e revolta quanto à atuação de policiais e ações semelhantes têm sido registradas em outros estados, como no Ceará.

No estado, a Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) registrou um aumento de mais de 200% no número de processos em andamento contra policiais de 2012 a 2013. Em todo o ano passado foram abertos 480 processos, enquanto em 2013 – até o início de agosto, esse número pulou para 1.837.
Em 2012, a Controladoria afirmou que 8 pessoas foram mortas por policiais. Já em 2013, o número chegou a 7 até o fim de setembro.
Os dados apresentados pela CGD dizem respeito à Polícia Militar (PM), Polícia Civil, Sistema Penitenciário, Corpo de Bombeiros Militar e Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce). O primeiro órgão é o principal alvo de denúncias, com 59% delas em 2013. Depois, aparece a Polícia Civil (25%), seguida pelo Sistema Penitenciário (4%).
Dentre as denúncias mais frequentes, estão abuso de autoridade, agressão física, ameaça e concussão/corrupção/extorsão. No caso de extorsões, o Ceará tem um destaque negativo. Em abril deste ano, o estado foi apontado pelo Ministério da Justiça como o 10º do Brasil em extorsão policial.
Procedimentos
Segundo o Relações Públicas da PM, tenente-coronel Fernando Albano, quando uma denúncia é realizada contra policiais militares, a instituição inicia um procedimento administrativo disciplinar para apurar o caso. Se constatado violação cometida pelo PM, este pode ser punido de acordo com as normas do Código Disciplinar dos Militares Estaduais, variando entre advertência verbal a expulsão do quadro da PM.
O coronel explica que o número elevado de denúncias contra a PM está relacionada ao maior efetivo do órgão. “Mas muitos dos casos levados para a Controladoria são pessoas que se sentem constrangidas diante de uma abordagem militar”, justifica.
Fonte: http://www.tribunadoceara.com.br/


Capitólio americano fecha após tiroteio na região; policial é ferido

Pelo menos um policial ficou ferido em um tiroteio que aconteceu perto do prédio do Congresso americano, em Washington, nesta quinta-feira. O incidente foi protagonizado por uma mulher cujo estado de saúde ainda não foi esclarecido.
O tiroteio ocorreu em frente a um prédio anexo ao Capitólio e provocou o fechamento das casas parlamentares por 40 minutos.
(Foto: Internet)

De acordo com a Polícia Legislativa, a bordo de um carro, a mulher tentou furar um bloqueio policial nas proximidades da Casa Branca e trocou tiros com agentes. Na sequência, ela fugiu, sendo perseguida por agentes do serviço secreto.
Minutos depois, a mulher foi interceptada na esquina das ruas Segunda e Maryland, ao lado da Suprema Corte americana, por volta das 14h30 locais (15h30 em Brasília). Houve nova troca de tiros, e um policial foi ferido.

A mulher foi levada ao hospital, e não há confirmação sobre o estado de saúde dela. Informações da agência de notícias Reuters, no entanto, afirmam que a atiradora morreu. O chefe da polícia do Capitólio, Kim Dine, afirmou que o policial ferido está consciente.
Informações preliminares indicam que havia uma criança dentro do carro da suposta atiradora.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/

79% da agências bancários do Ceará estão fechadas, segundo sindicato

A greve dos bancários chega ao 15º dia nesta quinta-feira (3) com 401 agências fechadas no Ceará, de um total de 507 existenses no estado, o que representa 79,2% dos bancos paralisados, segundo o Sindicato dos Bancários do Ceará.  Em Fortaleza, 189 agências permanecem fechadas, enquanto no interior este número chega a 212. A greve dos bancários foi iniciada em 16 de setembro.
De acordo com o sindicato, os empregados da Caixa Econômica Federal na Avenida Pessoa Anta, em Fortaleza, tentaram "furar" o movimento e retornar ao trabalho. "As portas do prédio foram cerradas e ficarão assim até o final da greve, até o desfecho das mesas de negociação”, disse Áureo Júnior, diretor do Sindicato
Além das reivindicações financeiras, os bancários pedem aumento na segurança nas agências e contratação de mais bancários. Segundo o sindicato, em 2013 foram registrados 79 ataques a bancos e caixas de autoatendimento no Ceará. "Os trabalhadores de bancos estão em situação muito vulnerável. Além disso, a cada dia diminui o número de trabalhadores nas agências. Para atender todas as agências seriam necessários cerca de 10 mil bancários, cerca de 1.500 a mais do que existe hoje", explica João Bosco Cavalcante Mota.
Reivindicações e propostas
Os bancários querem reajuste salarial de 11,93% (5% de aumento além da inflação), participação nos lucros e resultado (PLR) de três salários mais R$ 5.553,15 e piso de R$ 2.860. Pedem ainda fim de metas que consideram abusivas e de assédio moral que, segundo a confederação, adoece os bancários.
A proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) é de reajuste de 6,1% (inflação do período pelo INPC) sobre salários, pisos e todas as verbas salariais (auxílio-refeição, cesta-alimentação, auxílio-creche/babá). A proposta é de PLR de 90% do salário mais valor fixo de R$ 1.633,94, limitado a R$ 8.927,61 (o que significa reajuste de 6,1% sobre os valores da PLR do ano passado), além de parcela adicional da PLR de 2% do lucro líquido dividido linearmente a todos os bancários, limitado a R$ 3.267,88. A Fenaban não confirma o número de agências fechadas no Ceará.
Assembleia
Na próxima terça-feira (8), o Sindicato dos Bancários realiza uma assembleia geral  com a categoria, a partir das 17h, na sede da entidade. Na oportunidade serão repassadas informações sobre a greve no Ceará e no país, além das ações que vêm sendo desenvolvidas pelo Comando Nacional junto à Fenaban e aos bancos públicos.
Fonte: http://g1.globo.com/ceara/