sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Presidente da Anatel diz que WhatsApp não é ilegal: "uso bastante"


O presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), João Rezende, defendeu a legalidade do aplicativo de mensagens WhatsApp. Para ele, a regulamentação - como sugerida pelo ministro das Comunicações - não é a solução e, inclusive, ele é um usuário frequente da ferramenta. 

"Uso bastante. É uma ferramenta bastante útil e prática. Pouco faço ligações pelo WhatsApp, talvez por que não ter me acostumado com o recursos, que, na minha opinião, ainda é instável", afirmou em entrevista ao UOL Tecnologia. 

Rezende já havia discordado do ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini, e acrescentou que é contra qualquer tipo de regulamentação. A solução, conforme ele, é baixar as tributações das teles e não engessar o mundo da internet. 

Fonte: Opovo

Moradores e visitantes do Jericoacora pedem mais segurança

Os moradores e trabalhadores de Jericoacoara, no litoral do Ceará, estão preocupados com a incidência de assaltos no local e querem o aumento do efetivo. “Se a gente precisa registrar um boletim de ocorrência a gente tem de ir para Jijoca. Se for fim de semana a gente tem de ir para Acaraú, e a gente não tem transporte para Acaraú. E a polícia acaba dizendo que não demanda para ter um efetivo maior aqui”, disse a empresária, Roberta Lima.

Na terça-feira, (18), um grupo de turistas foi assaltado. Segundo o boletim de ocorrência registrado pelas vítimas na delegacia eletrônica da Polícia Civil do Ceará, o grupo de cinco pessoas, incluindo um casal argentino, dois turistas de São Paulo e um de Santana Catarina foram abordados por um homem armado com uma faca quando voltavam de um passeio para a Pedra Furada, monumento natural da vila.

“Fizemos a trilha e quando estávamos voltando na trilha, num grupo de cinco pessoas, ele abordou uma menina que estava no fim da fila com uma faca. Botou a faca no pescoço da menina e pediu que a gente se afastasse, disse pra outra menina que pegasse todos os nosso pertences e levasse pra ele”, contou o auxiliar de contabilidade Leandro Ghislandi. O grupo questionou o isolamento da região. “A gente caminha aqui a noite e não sabe exatamente o que pode acontecer, então, você fica bem inseguro de fazer as atividades que você quer fazer”, disse o engenheiro eletricista Felipe Guimarães.

O subtenente do Batalhão da Policiamento Turístico (BPTur), Cláudio Martins, no entanto, afirma que assaltos não região são “raros”. Mas confirma que há dificuldade em fazer o policiamento em determinadas áreas da região. “O acesso para a Pedra Furada é complicado porque é uma área de preservação ambiental e o policiamento não pode trafegar pelo local”, explicou. Informação ressaltada inclusive por moradores. “Ná área da Pedra Furada, onde os turistas vão, não tem um policial”, disse o autônomo, Idomilson Martins.

Fonte: G1/Ce
Cid Gomes e aliados oficializam mudança de partido de olho nas eleições de 2016



O ex-governador Cid Gomes e seus aliados no Ceará decidiram, nesta sexta-feira (21), aceitar o convite feito pelo presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, e se filiarão ao partido até o início de setembro. A decisão se deu durante reunião no gabinete da Presidência da Assembleia Legislativa, quando Carlos Lupi convidou pessoalmente o ex-governador e os atuais filiados ao Pros para ingressar na sigla trabalhista.
(Foto: Divulgação)
No encontro liderado pelo presidente da Assembleia, Zezinho Albuquerque, e pela atual bancada do Pros na Casa, Carlos Lupi fez uma análise da atual conjuntura do País, destacando o equilíbrio com que o PDT tem procurado conduzir a discussão sobre diversos temas em votação no Congresso Nacional. “Atuamos com independência durante as votações e somos críticos em relação à política econômica do Governo Federal”, destacou.
Carlos Lupi destacou as relações mantidas entre o PDT e as lideranças do Pros do Ceará, lembrando que, em 2002, foi um dos coordenadores da campanha do ex-governador Ciro Gomes à Presidência da República. Para ele, o momento é de construir uma alternativa para o Brasil nas eleições presidenciais de 2018.
Perspectivas
O presidente nacional do PDT destacou a perspectiva de o partido, com a adesão de Cid Gomes e dos seus aliados, conquistar a reeleição do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, em 2016, bem como as prefeituras de capitais como Curitiba (PR), Natal (RN), Porto Alegre (RS) e São Luís (MA). “Queremos o grupo político que vocês representam, pois reconhecemos que são brasileiros honrados”, afirmou Lupi, diante de Cid, Roberto Cláudio, Zezinho Albuquerque, deputados federais, deputados estaduais e demais lideranças políticas presentes ao evento.
Ao falar em nome do grupo político que lidera, o ex-governador Cid Gomes aceitou o convite pedetista, destacando a convergência de pontos de vista com o PDT. “Compromisso e disposição de luta não nos falta nem nos faltará”, afirmou Cid Gomes. O presidente estadual do PDT, deputado federal André Figueiredo, destacou a sintonia entre os diretórios nacional e estadual do partido ao convidar o grupo político, sendo apoiado pelos deputados estaduais Evandro Leitão e Ferreira Aragão.
Também participaram do encontro lideranças do Pros como os deputados federais Antônio Balhmann, Domingos Neto e Leônidas Cristino, os deputados estaduais Antônio Granja, Manoel Duca, Laís Nunes, Jeová Mota, Sérgio Aguiar, José Sarto e Odilon Aguiar, além do presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho. Integrantes de outros partidos, os deputados estaduais Gony Arruda (PSD), Professor Teodoro (PSD), Leonardo Pinheiro (PSD), Júlio César Filho (PTN), Nizo Costa (PSDC), Joaquim Noronha (PP) e Carlos Felipe (PCdoB) prestigiaram a reunião, bem como ex-deputados estaduais e lideranças partidárias de Fortaleza e do interior do Estado.
Fonte: Tribunadoceara

Edifício Sul América não corre risco de desabamento, diz Defesa Civil

(Foto: Internet)
Edifício Sul América, localizado próximo à Praça do Ferreira, no Centro, funcionanormalmente na manhã desta sexta-feira, 21, e não há risco iminente de desabamento, conforme a Defesa Civil do município. Uma ocorrência no 4° andar do
prédio, quando cerâmicas de um banheiro feminino caíram, deixou funcionários apreensivos na tarde da última quinta-feira, 20. Assustadas, as pessoas evacuaram o prédio.
A suspeita de populares é de que uma reforma realizada no 6° andar, embargada desde junho, estaria comprometendo a estrutura do prédio. Um funcionário do local afirma que a obra continuava a acontecer durante a madrugada, derrubando paredes internas do andar. O edifício Sul América foi inaugurado em janeiro de 1953.
Em visita técnica realizada por volta das 9 horas desta sexta-feira, 21, a Defesa Civil interditou parcialmente algumas salas, mas o local foi liberado. “O que aconteceu no 4° andar foi que a cerâmica do banheiro soltou, mas não tem relação nenhuma com a obra. A reforma está parada há mais de dois meses por falta de alvará. Notificamos a empresa responsável pela obra para retirar os entulhos e evitar riscos na estrutura”, explicou o coordenador especial de proteção e Defesa Civil do Município, Cristiano Férrer.
De acordo com a Secretaria de Regional Centro, a obra estava irregular e não tinha autorização da Secretaria do Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma). A assessoria da pasta explicou ao O POVO Online que houve demolição de paredes durante a reforma, e dois fiscais devem ir ao prédio, novamente, na noite desta sexta-feira, 21.
Uma pessoa que trabalha no prédio, que preferiu não se identificar, disse que os funcionários ficaram em pânico na tarde de quinta-feira, 20. “Ligamos pra Prefeitura e disseram que era com a Defesa Civil, que disse para chamar o Corpo de Bombeiros. Só deu certa a visita porque uma das funcionárias do 4° andar tinha um familiar na prefeitura”, critica.
A fonte disse ainda, que apesar da obras estar embargada – também após denúncias de funcionários – , a reforma continuava durante a madrugada. “Os trabalhadores continuavam a obra até de manhã e desciam os entulhos bem cedo. A gente tem medo, no 6° andar tinha paredes todas derrubadas”, avalia.
Fonte: O Povo

Polícia do CE prende 3º suspeito de envolvimento na morte de radialista


(Foto: Reprodução/ Facebook)
A Polícia prendeu nesta quinta-feira (20), o terceiro suspeito de envolvimento na morte do radialista Gleydson Cardoso. Daniel Lenon Almada, de 31 anos,  foi preso em Martinópole, na Região Norte do Estado,
onde estava escondido na casa de familiares.Segundo a Polícia, Daniel seria o responsável pela motocicleta utilizada no dia do crime, na fuga.
No mesmo dia do crime, foram presos Gisele de Sousa Nascimento e Francisco Antônio Carneiro Portela. Com eles foram apreendidos revólveres, munição e cerca de R$ 2 mil que seria parte do pagamento pelo crime.
O radialista Gleydson Cardoso foi assassinado no dia 6 de agosto, no município de Camocim, distante 379 quilômetros de Fortaleza. De acordo com a Polícia, ois homens chegaram na emissora de rádio dizendo que queriam fazer um anúncio e renderam a recepcionista. Em seguida, eles invadiram o estúdio onde Gleydson apresentava um programa, dispararam contra o radialista e fugiram.
Segundo testemunhas, na hora do homicídio, a transmissão estava com programação musical. A vítima chegou a ser socorrida e levada para o Hospital Deputado Murilo Aguiar, mas morreu no caminho.
Fonte: G1/CE