quinta-feira, 3 de outubro de 2013

79% da agências bancários do Ceará estão fechadas, segundo sindicato

A greve dos bancários chega ao 15º dia nesta quinta-feira (3) com 401 agências fechadas no Ceará, de um total de 507 existenses no estado, o que representa 79,2% dos bancos paralisados, segundo o Sindicato dos Bancários do Ceará.  Em Fortaleza, 189 agências permanecem fechadas, enquanto no interior este número chega a 212. A greve dos bancários foi iniciada em 16 de setembro.
De acordo com o sindicato, os empregados da Caixa Econômica Federal na Avenida Pessoa Anta, em Fortaleza, tentaram "furar" o movimento e retornar ao trabalho. "As portas do prédio foram cerradas e ficarão assim até o final da greve, até o desfecho das mesas de negociação”, disse Áureo Júnior, diretor do Sindicato
Além das reivindicações financeiras, os bancários pedem aumento na segurança nas agências e contratação de mais bancários. Segundo o sindicato, em 2013 foram registrados 79 ataques a bancos e caixas de autoatendimento no Ceará. "Os trabalhadores de bancos estão em situação muito vulnerável. Além disso, a cada dia diminui o número de trabalhadores nas agências. Para atender todas as agências seriam necessários cerca de 10 mil bancários, cerca de 1.500 a mais do que existe hoje", explica João Bosco Cavalcante Mota.
Reivindicações e propostas
Os bancários querem reajuste salarial de 11,93% (5% de aumento além da inflação), participação nos lucros e resultado (PLR) de três salários mais R$ 5.553,15 e piso de R$ 2.860. Pedem ainda fim de metas que consideram abusivas e de assédio moral que, segundo a confederação, adoece os bancários.
A proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) é de reajuste de 6,1% (inflação do período pelo INPC) sobre salários, pisos e todas as verbas salariais (auxílio-refeição, cesta-alimentação, auxílio-creche/babá). A proposta é de PLR de 90% do salário mais valor fixo de R$ 1.633,94, limitado a R$ 8.927,61 (o que significa reajuste de 6,1% sobre os valores da PLR do ano passado), além de parcela adicional da PLR de 2% do lucro líquido dividido linearmente a todos os bancários, limitado a R$ 3.267,88. A Fenaban não confirma o número de agências fechadas no Ceará.
Assembleia
Na próxima terça-feira (8), o Sindicato dos Bancários realiza uma assembleia geral  com a categoria, a partir das 17h, na sede da entidade. Na oportunidade serão repassadas informações sobre a greve no Ceará e no país, além das ações que vêm sendo desenvolvidas pelo Comando Nacional junto à Fenaban e aos bancos públicos.
Fonte: http://g1.globo.com/ceara/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse sua opinião, ela é muito importante!

:a :b :c :d :e :f :g :h :i :j :k :l :m :n :o :p