sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Moradores e visitantes do Jericoacora pedem mais segurança

Os moradores e trabalhadores de Jericoacoara, no litoral do Ceará, estão preocupados com a incidência de assaltos no local e querem o aumento do efetivo. “Se a gente precisa registrar um boletim de ocorrência a gente tem de ir para Jijoca. Se for fim de semana a gente tem de ir para Acaraú, e a gente não tem transporte para Acaraú. E a polícia acaba dizendo que não demanda para ter um efetivo maior aqui”, disse a empresária, Roberta Lima.

Na terça-feira, (18), um grupo de turistas foi assaltado. Segundo o boletim de ocorrência registrado pelas vítimas na delegacia eletrônica da Polícia Civil do Ceará, o grupo de cinco pessoas, incluindo um casal argentino, dois turistas de São Paulo e um de Santana Catarina foram abordados por um homem armado com uma faca quando voltavam de um passeio para a Pedra Furada, monumento natural da vila.

“Fizemos a trilha e quando estávamos voltando na trilha, num grupo de cinco pessoas, ele abordou uma menina que estava no fim da fila com uma faca. Botou a faca no pescoço da menina e pediu que a gente se afastasse, disse pra outra menina que pegasse todos os nosso pertences e levasse pra ele”, contou o auxiliar de contabilidade Leandro Ghislandi. O grupo questionou o isolamento da região. “A gente caminha aqui a noite e não sabe exatamente o que pode acontecer, então, você fica bem inseguro de fazer as atividades que você quer fazer”, disse o engenheiro eletricista Felipe Guimarães.

O subtenente do Batalhão da Policiamento Turístico (BPTur), Cláudio Martins, no entanto, afirma que assaltos não região são “raros”. Mas confirma que há dificuldade em fazer o policiamento em determinadas áreas da região. “O acesso para a Pedra Furada é complicado porque é uma área de preservação ambiental e o policiamento não pode trafegar pelo local”, explicou. Informação ressaltada inclusive por moradores. “Ná área da Pedra Furada, onde os turistas vão, não tem um policial”, disse o autônomo, Idomilson Martins.

Fonte: G1/Ce

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse sua opinião, ela é muito importante!

:a :b :c :d :e :f :g :h :i :j :k :l :m :n :o :p