sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Cid Gomes e aliados oficializam mudança de partido de olho nas eleições de 2016



O ex-governador Cid Gomes e seus aliados no Ceará decidiram, nesta sexta-feira (21), aceitar o convite feito pelo presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, e se filiarão ao partido até o início de setembro. A decisão se deu durante reunião no gabinete da Presidência da Assembleia Legislativa, quando Carlos Lupi convidou pessoalmente o ex-governador e os atuais filiados ao Pros para ingressar na sigla trabalhista.
(Foto: Divulgação)
No encontro liderado pelo presidente da Assembleia, Zezinho Albuquerque, e pela atual bancada do Pros na Casa, Carlos Lupi fez uma análise da atual conjuntura do País, destacando o equilíbrio com que o PDT tem procurado conduzir a discussão sobre diversos temas em votação no Congresso Nacional. “Atuamos com independência durante as votações e somos críticos em relação à política econômica do Governo Federal”, destacou.
Carlos Lupi destacou as relações mantidas entre o PDT e as lideranças do Pros do Ceará, lembrando que, em 2002, foi um dos coordenadores da campanha do ex-governador Ciro Gomes à Presidência da República. Para ele, o momento é de construir uma alternativa para o Brasil nas eleições presidenciais de 2018.
Perspectivas
O presidente nacional do PDT destacou a perspectiva de o partido, com a adesão de Cid Gomes e dos seus aliados, conquistar a reeleição do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, em 2016, bem como as prefeituras de capitais como Curitiba (PR), Natal (RN), Porto Alegre (RS) e São Luís (MA). “Queremos o grupo político que vocês representam, pois reconhecemos que são brasileiros honrados”, afirmou Lupi, diante de Cid, Roberto Cláudio, Zezinho Albuquerque, deputados federais, deputados estaduais e demais lideranças políticas presentes ao evento.
Ao falar em nome do grupo político que lidera, o ex-governador Cid Gomes aceitou o convite pedetista, destacando a convergência de pontos de vista com o PDT. “Compromisso e disposição de luta não nos falta nem nos faltará”, afirmou Cid Gomes. O presidente estadual do PDT, deputado federal André Figueiredo, destacou a sintonia entre os diretórios nacional e estadual do partido ao convidar o grupo político, sendo apoiado pelos deputados estaduais Evandro Leitão e Ferreira Aragão.
Também participaram do encontro lideranças do Pros como os deputados federais Antônio Balhmann, Domingos Neto e Leônidas Cristino, os deputados estaduais Antônio Granja, Manoel Duca, Laís Nunes, Jeová Mota, Sérgio Aguiar, José Sarto e Odilon Aguiar, além do presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho. Integrantes de outros partidos, os deputados estaduais Gony Arruda (PSD), Professor Teodoro (PSD), Leonardo Pinheiro (PSD), Júlio César Filho (PTN), Nizo Costa (PSDC), Joaquim Noronha (PP) e Carlos Felipe (PCdoB) prestigiaram a reunião, bem como ex-deputados estaduais e lideranças partidárias de Fortaleza e do interior do Estado.
Fonte: Tribunadoceara

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse sua opinião, ela é muito importante!

:a :b :c :d :e :f :g :h :i :j :k :l :m :n :o :p